#Generocidade é olhar com mais carinho para o lugar em que vivemos e agir, com o que temos, para melhorá-lo. E vendo tantas histórias inspiradoras, você pode se perguntar: como eu posso começar a agir com amor e atitude pela minha cidade?

Por isso, separamos algumas dicas de quem já dedica tempo e vontade para isso. Confira!

Uma dica pra começar a fazer algo é… começar, juntar pessoas com interesses comuns e dar o primeiro passo. As surpresas geradas pela força da iniciativa, da ação e pelo impacto positivo que algo assim gera nas pessoas e nos lugares nos dão forças pra continuar e nos ensinam – junto aos erros – os métodos mais efetivos.

Társis Aires, Urban Sketchers

Se lance! A cidade é nossa, é nosso corpo, nossas interferências que compõem o todo e tudo volta pra nós, querendo ou não. Somos responsáveis pelo corpo da cidade,  pelo nosso corpo. Somos isso aqui! Para começar basta ter a vontade de fazer a mudança! Faça questionamentos a si mesma(o) e naturalmente vai achar sua forma de intervir! Seja por meio da arte, música, ou outro dom que você tenha na sua área. Todo mundo pode e deve contribuir com a sociedade e se você achar pessoas que estejam dispostas, assim como você, tudo flui de uma maneira incrível!

Coletivo Linhas

Acredito que o dia mais importante da nossa vida é o que descobrimos o porque nascemos, o nosso propósito. Então, mergulhe dentro de si, encontre os seus porquês e mova todas as suas energias pra isso. Que tudo acontece, aparecerá com certeza muita gente para ajudar você a subir os seus degraus se você se entregar de todo o coração.

Duci, Cores do Mará

Ninguém precisa fundar uma ONG pra ajudar. Uma única pessoa desconhecida que você ajude, que pode não te dar absolutamente nada em troca, já é uma grande ajuda. A gente às vezes deixa de ajudar porque acha que faz pouco. Não é. Não espere que o mundo mude por grandes ações realizadas por outras pessoas, mas sim por pequenas ações diárias feitas por cada um de nós.

Tayanne Guará, Projeto Sorrir

Eu aprendi que o feito é melhor que o perfeito. A gente tem de tentar tocar os projetos e ajudar a construir uma cidade melhor, mais decente, mais justa e agradável pra todo mundo, cada um na sua área, na sua lida. É melhor fazer do que esperar que se tenha um momento propício. Se você tem a ideia de um projeto, arruma algumas pessoas, porque também não dá pra fazer sozinho. Mas se você também não tem como começar um projeto, existe muita coisa acontecendo, então é procurar um grupo desses e falar ‘como eu posso ajudar?.

Wesley Sousa, Oficina de Redação

“Repensar o seu papel na sociedade é muito importante. Ver se nossas atitudes estão sendo positivas. Se contribuímos para a preservação do meio ambiente, redução do consumo de lixo. A valorização da cidade é valorização do que é nosso. Então temos que vê-la com carinho!”

Luanne Holanda, criadora do Picos Slz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *