Por que ser parte do problema se podemos fazer parte da solução? Com esse pensamento, o Rogério Verde, surfista e funcionário público, decidiu fazer o que está ao seu alcance pela preservação das praias de São Luís.

Desde a primeira vez que subiu em uma prancha, ele sentiu a conexão com o mar, e criou uma paixão pela natureza proporcional ao respeito que ele tem por ela. Mas notou que a poluição estava disputando espaço com as ondas e a vida marinha da ilha.

Por isso, ele reuniu, em 2014, cerca de 15 pessoas da Associação de Surf e Bodyboard do Olho d’Água – a Asboa – que pensavam como ele, para coletar o lixo deixado na praia. Uma ação que parecia pequena, mas cresceu e mobiliza centenas de ludovicenses ano após ano.

Para o Rogério, o sentido da ação vai além da limpeza. O que ele quer é ajudar a criar uma nova consciência nos ludovicenses, de cuidado e pertencimento à natureza.

“A gente só tá de passagem no mundo, a gente não é o dono dele, tem que saber viver nele […] Eu acho que tem que ser uma união do poder público, sociedade civil fazendo a sua parte. Se cada um fizer sua parte, a gente consegue viver melhor”

O Rogério é exemplo de que para praticar #Generocidade, basta amar o lugar onde vivemos, tomar a iniciativa e unir quem pensa como você e também quer mudar o mundo.

Acompanhe o nosso movimento no Instagram, Facebook e Twitter para conhecer mais sobre esse e outros projetos, e siga também o Rogério e a Asboa nas redes:

@asboa.surf.bodyboard
@
rogerioverde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentário

  1. Pedro Lucas Responder

    Rogerio meu amigo de desenhos que vc sempre prátique essa limpeza nas nossas praias quero também participar da generocidade ?